• quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

    Saiba quais despesas podem ser deduzidas no I

    O Imposto de Renda(IR) é obrigação de pagamento de tributos anual de todos os brasileiros. Pessoas físicas e jurídicas devem fazer o envio da declaração no início de cada ano referente ao ano anterior. A boa notícia é que é possível fazer deduções, receber descontos do pagamento do imposto de acordo com os seus gastos. Saiba mais!

    Quem deve declarar o imposto de renda?

    Infelizmente não há como fugir do preenchimento do formulário de Imposto de Renda. Empresas com seus CNPJ devidamente registrado (ativas ou inativas) e portadores do Cadastro de Pessoa Física(CPF) devem enviar seus formulários todos os anos. É obrigatório e não realizar a declaração significa crime de sonegação fiscal.

    Quem trabalhou ou não no ano anterior deve declarar o seu Imposto de Renda. Quem não teve renda uma e nem comprou vendeu um imóvel deve fazer a declaração como isento. Aos demais fica a obrigação de realizar a lista de gastos e ganhos ao longo dos 12 meses anteriores.
    A declaração do IR vai de 01 Janeiro até 31 de dezembro do ano anterior. Tudo deve ser listado e preenchido no formulário obtido através do programa ReceitaNet. Ele está disponível para download gratuito no site da Receita Federal.

    Quais despesas podem ser deduzidas do Imposto de Renda?

    O formulário deve conter o salário do trabalhador e qualquer bem adquirido ao longo do ano anterior. Também devem ser listados todos os seus patrimônios materiais, sejam eles antigos ou novos. A uma tabela com os preços de referência do mercado de cada um para ser usadas no preenchimento.


    Alguns gastos realizados no ano anterior com a nota fiscal podem ser abatidos no Imposto de Renda. As despesas que podem ser deduzidas são:
    • Despesas com educação de dependentes ou própria - o limite é de R$ 3.561,50 ao ano por dependente. Pode ser com escolas de ensino fundamental, médio ou superior;
    • Despesas com saúde - Gastos próprios ou de dependentes. Podem ser com consultas, exames, tratamentos e outros. Não podem ser cobertos pelo plano de saúde, necessitam de pagamento avulso com nota fiscal;
    • Pensão alimentícia;
    • Contribuição com a Previdência Social;
    • Aposentadorias e pensões para maiores de 85 anos;
    • Contribuição de previdência social para o empregado doméstico;
    • Cirurgias plástica - se não são cobertas pelo plano elas podem ser deduzidas do Imposto de Renda;
    • Massagem - apenas se houver nota fiscal. Pagamento avulso massagista não conta para dedução;
    • Marca-passo - também entra na lista de gastos médicos e pode ser deduzido do imposto;
    • Cadeira de rodas e todos os tipos de prótese mecânica para amputados.

    O que acontece com quem não declara imposto de renda?

    Não declarar o imposto de renda significa crime de sonegação fiscal, considerado extremamente grave no Brasil. O CPF pode ficar pendente (impossibilitando empréstimos e financiamentos) e considerado irregular até ser realizada a declaração da forma correta. Também não é possível retirar alguns documentos e solicitar cartão de crédito.
    Outras penalidades previstas em leis são multa por atraso e sobre o imposto sonegado. E dependendo do motivo pelo qual não houver declaração pode haver condenação em cárcere privado por sonegar tributos.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário